IMPRENSA

 

FullSizeRender-9

Matéria na rádio CBN Curitiba sobre a 6ª Bienal de Mosaico de Curitiba: https://cbncuritiba.com/tendencia-mundial-free-mosaic-e-tema-da-6a-bienal-de-mosaico-que-comeca-na-proxima-semana/ (28.07.2017)


 

FullSizeRender

Texto do jornalista José Carlos Fernandes na  abertura da exposição “Mosaico nas fotos de Guilherme Pupo”, na 6ª Bienal de Mosaico de Curitiba:

A dinâmica da estranheza

O trabalho do fotógrafo Guilherme Pupo tem virtudes. É um gabinete de qualidades no qual se somam apuro, impacto, criatividade. Esmera-se a tal ponto que desperta em nós algo renascentista, o gosto pela contemplação – aquela atitude dos que reconhecem a pequeneza e silenciam.

Mas alto lá. Convidar o espectador às reservas da alma até pode ser uma das intenções de Pupo, só que está longe de ser a única. Ele busca mais – quer rifar nossas certezas, quer provocar vertigens. Para tanto, insiste em arrancar debaixo dos nossos pés o banquinho que usamos para espiar o mundo. Ao sentir faltar o chão, descobrimos que máximas regem o artista: 1) Passe uma demão de placidez na realidade, mas não ignore que a luz esconde a convulsão e a tempestade. 2) Qualquer coisa diferente disso, cuidado, é mentira.

Brincar com dois apostos – de um lado, a paz de quem olha; de outro, a tormenta de quem pula entre as pedras – não é maldade nem nada. É estratégia para chegar à estranheza, essa convidada imodesta, arrogante e soberba. Quer para si o centro da cena. Diz grosserias às mesmices. Orgulha-se de ser o único remédio capaz de salvar os olhos, para que não fechem suas janelas. Bem aventurados os que estranham, pois verão justo o que importa.

Nesse sentido, Pupo se mostra um filho bastardo de Stendhal: “Não posso oferecer a realidade dos fatos, mas apenas a sua sombra”, resumiu um dia o escritor, quem ssbe aborrecido com a obsessão infantil dos adultos pela onisciência. Não lhe peçam, por isso, fotografias documentais, relatos fidedignos, registros para a história. O moço gosta mesmo é de brincar.

Se está com os pés na terra, brinca de olhar pra cima, à procura de bonecos nas nuvens. Se ganha as alturas, olha para baixo sem pudores, acha graça das curvas de uma passarela, só percebida da sacada do último andar do edifício da esquina. Parece gostar de imaginar o que enxergaria caso pudesse voar. De procurar a sensual curva do rio vista da janelinha do avião. O que vê é tão incrível, que até parece ilusão. Pode ser tudo – mosaico, pintura, colagem, nunca fotografia, justo o que é.

Ao voltarmos dos lugares sem seguro e sem bombeiros aos quais nos leva, não somos mais os mesmos. Pudera. Provamos de outras perspectivas. Descobrimos desenhos malucos, possíveis apenas nos sonhos. Resta-nos admitir saber nada, ou quase nada, sobre os lugares onde pisamos. De tudo, fica o desejo de provar da vertigem e da estranheza uma vez mais, obedientes à sentença de que só aos que se arriscam será dado o direito de contemplar.

José Carlos Fernandes, jornalista. (https://www.facebook.com/josecarlos.fernandes.923)


 

 

Rua XV

Matéria sobre a exposição Sobrevoos, Blog Arte ao Redor (por Mariana Camargo): http://www.bemparana.com.br/arteaoredor/sobrevoos-de-guilherme-pupo/


_mg_9984

Matéria na Revista Ideias (por Dico Kremer):http://www.revistaideias.com.br/2017/05/12/as-sombras-de-guilherme-pupo/


Foto: Guilherme Pupo

Matéria no jornal Gazeta do Povo sobre a exposição Sobrevoos (por Reinaldo Bessa): http://www.gazetadopovo.com.br/reinaldo-bessa/cultura/fotografo-propoe-desafio-ao-espectador-com-exposicao-sobrevoos/ 


20800070_10212531843146564_7706643421097954936_n

Artigo no Jornal de Piracicaba (SP) sobre a exposição Sobrevoos, escrito por João Roberto Bort Júnior, doutorando em Antropologia Social pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp).

 

 


 

 

 

 

Unknown

Entrevista para TV Educativa em reportagem sobre Drones: https://youtu.be/87Rh2Sp1cdc


publicacoes-guilherme-pupo-08

Matéria no jornal Cândido, da Biblioteca Pública do Paraná: http://www.candido.bpp.pr.gov.br/modules/conteudo/conteudo.php?conteudo=636


autoral-guilherme-pupo-14

Matéria sobre a exposição Summertime/Rio, no portal Curitiba Deluxe: https://cwbdeluxe.blogspot.com.br/2012/11/summertimerio-por-guilherme-pupo.html


 

Projeto Memórias do Quintal                     Foto: Guilherme Pupo

Projeto Memórias do Quintal Foto: Guilherme Pupo

Matéria no portal É Paraná sobre exposição Memórias do Quintal: http://www.e-parana.pr.gov.br/2016/04/3759/Fotos-de-Guilherme-Pupo-resgatam-brincadeiras-de-rua-em-Curitiba.html (11/04/2016)

 

 

 

 

 


Kaiut Yoga - Exposição fevereiro 2016. Fotos: Guilherme Pupo

Kaiut Yoga – Exposição fevereiro 2016. Fotos: Guilherme Pupo

Matéria sobre exposição na Kaiut Yoga: http://kaiutyoga.com.br/site/foco-exposicao-de-guilherme-pupo/ (15/03/2016)